7 de novembro de 2008

céu azul

verão

flores de jasmim pelo chão

9 comentários:

Diego de Menezes Dourado disse...

Ô Carmem, gostei da divisão, além do poema em si.

Bacana.

Carmem Salazar disse...

Gracias, Diego! Gosto muito dele, tbém. Sabe que depois que resolvi, formalmente, é que percebi o duplo sentido de "verão"...rs.

Abraço de primavera.

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

Carmem, muito bonito e suave. verão, veremos.
beijo

Diego de Menezes Dourado disse...

Mas o duplo sentido é muito bacana...

Abraço da Prima Vera.

Carmem Salazar disse...

Rubens, sim, muitos verões virão...

Carmem Salazar disse...

Com ceteza, Diego, foi a melhor presente do poema para mim.

Carmem Salazar disse...

o melhor presente

Thania Klycia disse...

Adorei, Carmem.
bjos

Carmem Salazar disse...

Obrigada, Thania!
Bjo.