28 de março de 2009

Ensaio para instalação

























7 comentários:

J. Wasem disse...

colorido como a dor
dolorido como a cor

Diego de Menezes Dourado disse...

E aí Carmem, bacana a nova postagem. O complicado é escolher a cor para tal afirmação.

Carmem Salazar disse...

tens razão, Diego... mas tô fazendo experimentações, inclusive com a cor complementar à escolhida.
a palheta do "apetite" é grande,né? rs

laerth motta disse...

SEI LÁ...POR QUE NÃO UM CINSA CROMÁTICO DO MESMO VERMELHO NO FUNDO??TALVEZ DEVORE MELHOR A CÔR
pERDÃO PELO PALPITE ATREVIDO
BEIJO GRANDE

Carmem Salazar disse...

querido Laerth, gosto de palpites atrevidos...rs
essa frase "eu como a cor" é, digamos, o mote da construção. a 1º idéia é fazer uma instalação onde vou reproduzir as letras que compoem a frase, em resina com a cor vermelha, tirando daí outras possibilidades / palavras resultando em uma mancha de cor. vermelha.
acho que tua sugestão tem todo o sentido para um desdobramento dessa imagem e será arquivada...

bjs!

laerth motta disse...

vamos juntar alguns cacos , um dia...Que tal??

Carmem Salazar disse...

vamos lá! sou parceira...