15 de fevereiro de 2009


13 comentários:

fred girauta disse...

oi Carmem! vim retribuir a sua visita. achei seu trabalho poético-visual muito próximo do meu.
vou circular por aqui mais vezes...

bjs!

Compulsão Diária disse...

Adorei Chopin ali no entre estes pingos.

não resisti e acabei de fazer um poemeto pra uma imagem sua.
está lá no compulsão. Chama-se Arenga
Por favor, veja se aprova, ok?
é um experimento, um começo de troca. Uma tentativa.

Carmem Salazar disse...

Legal tua sacação, Beatriz. Eu ainda não tinha visto Chopin...
"Acessórios e remasnescentes" é uma possivel tradução para o livro que tornou Schopenhauer conhecido e influenciador de grandes artistas e intelectuais das gerações seguintes como Wagner, Nietzsche e Sartre.

Compulsão Diária disse...

E Freud! Sabia que a pulsão de morte - tão controvertido conceito saiu do Schopenhauer. Freud confessa em além do princípio do prazer, esse lance todo.
Ah, acabei de postar e descolei uma imagem (a melhor que encontrei pro Mix Secret). Seu email não tá funcionando. queria um que desse pra conversar; Rola?

Carmem Salazar disse...

Não sabia, não, Beatriz. Vou me informar sobre isso... Tô lendo "A arte de escrever",que é organizado e traduzido pelo Pedro Süssekind. São "pensamentos isolados" de Schopenhauer, mas trata mais sobre literatura e a escrita, mesmo.
Qto ao email (rola sim!), tenho recebido mensagens normalmente. É o que está no meu perfil do blog.O que me escreveste da 1ª vez: carmemsalazar@terra.com.br

bjs

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

carmem, tudo certinho?

infelizmente ando meio afastado das atividades poéticas... estou fazendo uma coisinha aqui e outra ali, mas alimentando minha parceria com o zappa em alguns projetos, na verdade iniciados muito tempo atrás, em outros espaços.
muito legal esse lance do Schopenhauer ter virado um shopping do seu próprio livro. fantástico!
abusou e explodiu em gozo. vou tomar um chopp com esse Schopenhauer... assim explodimos em prazer.
beijão carinhoso e você, menina.

Carmem Salazar disse...

Rubens, muito bom te ouvir... a minha idéia com o poema, foi essa. imaginei um shopping prazeroso, mesmo. tô lendo pela 1ª vez Schoppenhauer, conhecendo sua filosofia. gostaria de tomar esse shopp contigo, de verdade!, e brindar a esse prazer.

bjs

Compulsão Diária disse...

Passei pra ver de novo. Até

rua do mundo disse...

olá, carmem
adorei o poeta! aproveito para agradecer a tua visita e sempre que possível aparecerei, gosto muito de seu trabalho, viu?
bom feriado pra você
um abraço

fátima

Carmem Salazar disse...

obrigada pela tua visita, Fátima!

abraço pra ti, tbém.

Carmem Salazar disse...

em tempo: o escritor uruguaio Mario Benedetti é realmente extraordinário. tanto na prosa qto na poesia.

fernando cisco zappa disse...

isso aqui tá
que tá


imaginei esse shop.....hauer
com acessórios de dar dor...

beijos, minha cara!

J. Wasem disse...

vende-se teorias